Trabalhadores vão às ruas nesta sexta dizer não à ‘reforma’ da Previdência

Todos os estados do país e o Distrito Federal organizam manifestações para o Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, nesta sexta-feira (22), em resposta à proposta de “reforma” apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro. Ao todo, atos, panfletagens e outras ações contra a retirada de direitos devem ocorrer ao menos em 78>>> Continue lendo

Centrais acertam mobilização nacional em 28 de abril: ‘Parar o Brasil’

Sindicalistas querem realizar movimento ainda mais amplo do que o realizado no último dia 15. CUT já tem protestos marcados para a próxima sexta-feira (31) As centrais sindicais definiram o dia 28 de abril para um novo movimento nacional de protestos e paralisações contra as reformas do governo Temer, incluindo>>> Continue lendo

31 de março: Mobilização vai preparar o país para a greve geral em abril – CUT – Central Única dos Trabalhadores

“A única coisa que reverte a tragédia que está em curso no Brasil é promover uma grande greve geral”, afirma secretário geral da CUT Contra a retirada de direitos da classe trabalhadora, a CUT e demais centrais sindicais anunciaram um conjunto de ações para o próximo dia 31 de março.>>> Continue lendo

Centrais sindicais se reúnem em SP e definem calendário de lutas

Estão previstos um ato contra PEC 241 e um Dia Nacional de Greve e Paralisações! Durante a tarde desta quarta-feira (19/10), a CUT e demais centrais sindicais se reuniram em São Paulo e definiram um calendário de lutas para o próximo período. De acordo com os dirigentes que estiveram no>>> Continue lendo

Ato no Metrô cobra agilidade na apuração da morte do vigilante Narcélio

Em ato público realizado na manhã  do dia 25/07 em frente ao Metrô – Ceilândia Norte, onde aconteceu a trágica morte do vigilante Narcélio Acâmpora, representantes do Sindicato dos Vigilantes do DF (SINDESV-DF), junto com a família e amigos, cobraram da polícia agilidade nas investigações do crime. Desde o assassinato em 24>>> Continue lendo

Após ato em defesa do emprego, Metrô rediscute demissões de vigilantes

Intensa mobilização dos vigilantes do Metrô DF, com apoio de outras categorias solidárias à luta classista, garantiu reunião entre presidência da empresa, Ministério Público e trabalhadores para tratar da demissão em massaanunciada para o próximo dia 30 pela empresa de transportes. Mais de 100 vigilantes podem ser diretamente prejudicados com>>> Continue lendo