Repúdio: Difamação contra vigilante em redes sociais

No dia 23/01, no Hospital Regional de Ceilândia – HRC, duas vigilantes cumpriam seu expediente normalmente. Um paciente, já de idade e sem crédito em seu celular, pediu um favor à vigilante para que anotasse um número de telefone que estava em seu celular e o ajudasse a fazer uma ligação urgente.

Com os dois celulares na mão, o seu e o do paciente, vemos claramente na foto que a vigilante está ajudando alguém. No entanto, o mal-intencionado que tirou a foto e espalhou nas redes sociais, diz que a vigilante está no WhatsApp, sem ao menos analisar o contexto da situação das razões de ela estar olhando para o celular, no caso da foto são dois, o que já daria motivos para fazer uma avaliação menos maldosa.

A própria empresa, a Ipanema, reconheceu que a vigilante estava ajudando alguém e tudo já está esclarecido. Mas não podemos deixar que pessoas cheias de ódio, por razões diversas, venham manchar a imagem de uma profissional qualificada, que ajuda a quem recorre a ela e mostrou o quanto é humana e sensível em seu posto de trabalho.

Reconhecida a pessoa que tirou a foto e espalhou a imagem, a mesma será processada por calúnia e difamação.

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.