Aos vigilantes da Brasfort

O SINDESV-DF esclarece a questão dos descontos das mensalidades sindicais

Em 2018, quando a nossa data-base foi para Dissídio Coletivo e a CCT estava vencida, a empresa Brasfort encontrou uma oportunidade para tentar quebrar o Sindicato e inviabilizar a entidade financeiramente para lutar em defesa das reivindicações da categoria. Essa empresa, a partir de fevereiro de 2018, passou a não descontar a mensalidade sindical de seus empregados, contrariando a vontade dos mesmos.

Diante disso, o Sindicato na época entrou com uma ação na Justiça para que a Brasfort cumprisse a lei e fizesse o desconto das mensalidades. Através de despacho, a Justiça está obrigando a empresa Brasfort a fazer os descontos das mensalidades referentes a fevereiro/2018 a dezembro/2018.

Em nota, a empresa afirma que fez de tudo para não efetuar o desconto e que foi obrigada a fazê-lo por causa da ação do Sindicato. Lamentavelmente, a empresa ainda se coloca como vítima, quando na verdade descumpriu a lei e ainda quer se colocar como protetora de seus empregados, mas não diz porque desrespeitou a vontade dos mesmos de serem sindicalizados. E mais, não explica porque essa preocupação não se estendeu com o não repasse do Plano de Saúde, que este Sindicato bancou junto à Operadora do Plano de Saúde para que os vigilantes dessa empresa não ficassem desassistidos.

Fiquem tranquilos, nenhum vigilante será prejudicado!

A direção do Sindicato informa que, até o momento, a empresa não repassou os descontos para a conta do SINDESV-DF e assim que isso for feito, irá se pronunciar a respeito.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.