3 passos para calcular o valor da aposentadoria especial do vigilante

Para iniciar o cálculo, o vigilante precisa separar todos os seus salários de contribuição. Destes, serão selecionados os 80% dos maiores salários do segurado, pois são com eles que será realizado o cálculo.

Ao contrário do que muitos pensam, o valor da Aposentadoria não é calculado com base nas últimas contribuições, mas sim com base naquelas efetuadas durante todo período de trabalho, desde 07/1994 (quando tivemos a alteração para o Real).

Essa informação pode ser acessada no seu CNIS, que é o Cadastro Nacionais de informações Sociais, disponível no site do Meu INSS. Veja o  passo a passo como acessar o seu CNIS. Para aprender, clique aqui.

2º passo:  Como separar os 80% dos maiores salários

Como vimos anteriormente, o cálculo do valor do benefício é feito com os 80% dos maiores salários, os outros 20% são descartados. Vamos lhe dar um exemplo sobre como você pode fazer isso.

Vamos supor que dentro dos 25 anos de trabalho como vigilante, você recebeu 300 salários.
Então agora precisamos separar as 80% das maiores contribuições e descartar as 20% menores.

300 salários de contribuição

80% de 300: 240 (salários que você irá utilizar no cálculo)
20% de 300: 60 (salários que você irá descartar do cálculo)

3º passo:  Realizando o cálculo

Agora que você conseguiu identificar quais são as 80%, maiores contribuições, está na hora de realizar o cálculo em si.

Para isso, some todos os 240 salários que você encontrou (conforme exemplo acima). Feito isso, divida esse valor encontrado por 240 (que é a quantia de salários considerados para seu cálculo).

Vamos utilizar números hipotéticos para exemplificar o cálculo.

Vamos supor que, você recebeu em todos esses 240 meses, R$ 2.000,00. Se somarmos tudo, você chegará a  R$ 480.000,00. Após, divida o valor encontrado pelo número de meses (240). Então 480.000 / 240 = 2.000 . Ou seja, seu salário de benefício será de R$ 2.000,00!

Como na Aposentadoria Especial não há a aplicação do tão temido Fator Previdenciário, o valor irá corresponder a 100% do Salário de Benefício.

Por isso, é tão importante conhecer os tipos de aposentadoria existentes, verificar qual trará mais benefícios para você. 

Fonte: Carbonera & Tomazini

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.